Ligue agora

PPRPS - Programa de Prevenção de Riscos em Prensas e Similares

O programa de prevenção de riscos em prensas e similares é regulamentado pela norma regulamentadora 12 (NR-12), e anexo VIII, e trata de medidas de segurança que devem ser implementadas em atividades que envolvam prensas e equipamentos similares.

Tem como objetivo proteger a saúde e a integridade dos trabalhadores que manuseiam prensas e demais equipamentos similares. E, segundo a NR-12, define referências técnicas, princípios fundamentais e medidas de proteção para garantir a saúde e a integridade física dos trabalhadores e estabelece requisitos mínimos para a prevenção de acidentes e doenças do trabalho nas fases de projeto e de utilização de máquinas e equipamentos de todos os tipos. E ainda à sua fabricação, importação, comercialização, exposição e cessão a qualquer título, em todas as atividades econômicas, sem prejuízo da observância do disposto nas demais Normas Regulamentadoras. As disposições desta norma referem-se a máquinas e equipamentos novos e usados, exceto nos itens em que houver menção específica quanto à sua aplicabilidade no texto da NR-12.

Conforme o anexo VIII da NR-12, prensas são maquinas utilizadas na conformação e corte de materiais diversos, nas quais o movimento do martelo (punção) é proveniente de um sistema hidráulico ou pneumático (cilindro hidráulico ou pneumático), ou de um sistema mecânico, em que o movimento rotativo se transforma em linear por meio de sistemas de bielas, manivelas, conjunto de alavancas ou fusos. E define como maquinas similares as que tem funções e riscos equivalentes aos das prensas, como:

  • Martelos de queda;
  • Martelos pneumáticos;
  • Marteletes;
  • Dobradeiras;
  • Recalcadoras;
  • Guilhotinas, tesouras e cisalhadoras;
  • Prensas de compactação e modelagem;
  • Dispositivos hidráulicos e pneumáticos;
  • Endireitadeiras;
  • Prensas enfardadeiras;
  • Outras maquinas similares;

Cabe ao empregador adotar medidas de proteção para o trabalhador que exerce atividade neste tipo de maquinário, de forma a garantir a saúde e a integridade física destes trabalhadores, e adotar todas as medidas apropriadas sempre que houver pessoas com deficiência envolvidas direta ou indiretamente. O programa deve estar dentro das medidas previstas para assegurar a segurança dos operadores e ser coordenado por um engenheiro de segurança do trabalho e documentado conforme manda a legislação.

São consideradas medidas de proteção: as medidas de proteção coletiva, as medidas administrativas ou de organização do trabalho e as medidas de proteção individual. A concepção de máquinas deve atender ao princípio da falha segura.

Para conhecer os detalhes mais técnicos a respeito do tema, recomendamos a leitura da norma regulamentatoria 12 (NR-12), no portal do ministério do trabalho (MTE) Link: http://portal.mte.gov.br/legislacao/norma-regulamentadora-n-12-span-class-destaque-novo-span.htm

Entre em contato

Faça seu pedido de orçamento. Você pode nos ligar ou deixar os seus dados no formulário abaixo que entraremos em contato

Tel: (31)2551-1222 (31)3055-3058 (31)3055-3072 (31)3055-3550